quarta-feira, 23 de junho de 2010

DOBRÁVEIS









Esse é um trabalho recente onde a questão do cabelo ou pêlo , recorrente em minha obra volta à tona. Aqui procurei criar situações onde a anatomia causa estranheza. Que corpo ou parte do corpo é essa que parece tão óbvia á primeira vista? Um corpo ou parte dele que não está em seu lugar, que desconcerta, gera dúvidas e ao mesmo tempo tem um erotismo explícito , gerando uma estranha anatomia, é o que proponho com este novo trabalho.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Fantástico teu blog, digo, vocÊ!
    O questionamento e a estranheza, o real e o ilusório.
    Fica algo na pela da gente.
    Arte pura! Parabéns.
    Bjs,
    lú.

    ResponderExcluir
  3. arte é muito ridícula. ... mas é de mais a criatividade! arrasou.

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que cabelos podem ser bastante sexuais. E explorar isso é uma arte

    ResponderExcluir